1 1 1 1 1

Papo saúde: Remédios para emagrecer

Olá queridos (as) leitores (as),
hoje queria começar um "quadro" aqui no blog, em que vou falar um pouco sobre alguns assuntos polêmicos e importantes pra saúde. Pretendo fazer toda semana.. Bom na verdade estou organizando ainda, tanto o layout do blog (que em breve estará com a cara nova) quanto os assuntos, e esse é um assunto que queria tratar semanalmente, ou quinzenalmente aqui no blog.
Como futura farmacêutica, tenho como obrigação zelar e orientar a saúde da população. Ai pensei: "porque não começar agindo no blog, e atingir um maior número de pessoas do que quando estiver atuando profissionalmente?"
O que muita gente ainda não sabe é o que um farmacêutico realmente faz... E gente, NÃO nós não vendemos remédio pra vocês na farmácia ¬¬' rs (muiiiito mas muiiito mais profundo do que isso). Bom mas o assunto de hoje não é esse, o assunto de hoje é ..

REMÉDIOS MILAGROSOS PARA EMAGRECER


Quem procura emagrecer, geralmente quer que isso aconteça do dia pra noite, sem fazer nenhum esforço. E muitas vezes a pessoa nem é obesa para PRECISAR tomar remédio. Na verdade nem o obeso precisaria de remédios, mas quando eles foram criados o foco era pra pacientes obesos. Ou seja, aquele indivíduo que tem seu IMC muito acima do limite desejável. E o que foi acontecendo é que virou febre, principalmente para as mulheres que queria emagrecer no inverno para caber no biquini no verão. E é INCRÍVEL como na internet tem incentivo ao uso desses medicamentos o tempo todo! Como se isso fosse uma bebida! Emagrecer deve ser sinônimo de saúde e condicionamento físico, e não mágica!


 
 
Exemplo de anúncio na internet
 


Então dentro dessa classe de medicamentos, existem diversas formas de ação no organismos que no final faz a pessoa perder peso. Quais são elas? São os Anorexígenos!

1) Você não absorve nenhuma gordura que você ingere. Essa seria a forma menos pior, tirando o fato de você ter que evacuar a qualquer momento, e jogar o seu dinheiro fora. Literalmente .. É o famoso Xenical (orlistat). Você emagrece porque seu intestino não absorve nada, por isso, vai emagrecer.

2) Sibutramina, é o remédio mais indicado pelos médicos no Brasil. Sabe como ele age? No seu cérebro, inibindo uma região, chamada centro da fome, isso significa que você não vai sentir fome. Além disso, ele também ativa outra área (centro de saciedade) e diz pro seu cérebro que você está  satisfeito, após ter comido muito pouco. Só que junto com tudo isso ele estimula o sistema nervoso Central, trazendo vários sintomas como agitação, hiperatividade muscular, taquicardia, hipotensão e se usado por mais de 6 semanas pode trazer complicações mais graves, como fadiga muscular e cerebral.

3) Anfetamina: inibe o centro da fome e estimulante do Sistema Nervoso Central. Foi proscrita mas deu origem aos anfetamínicos. Ele funciona como a cocaína: Aumenta a quantidade de noradrenalina e aumenta a quantidade de dopamina.  Então, tem uma exacerbação do lado simpático e ativa o sistema de recompensa, por causa da dopamina. Por isso que a pessoa emagrece.

O pior efeito colateral é causado por aqueles medicamentos que assim como a anfetamina, inibem o centro da fome, e é como se a pessoa tivesse com adrenalina na veia o tempo todo. Sabe aquela sensação quando você toma um susto ? Então, a pessoa fica nesse estado enquanto está tomando por exemplo anfepramona, femproporex ou mazindol. Não pode ser usado por muito tempo, e deve ser estritamente controlado e a pessoa precisa estar ciente dos riscos e tempo de uso.



Pra terminar, a pior notícia que o Brasil poderia ter, como relação a liberação de drogas, é que a partir desse ano, essas substâncias citadas acima,  (anfepramona, femproporex e mazindol) que estavam proibidas pela ANVISA , vão voltar a circular e o motivo que esses fármacos tinham saído do mercado, simplesmente foram esquecido por pressões médicas. Pior que o efeito de dependência, são os malefícios que esses medicamentos podem trazer, que são: Aumento da pressão arterial, aumento da glicose sanguínea, constipação, retenção urinária, arritmias cardíacas, agitação, insônia, cansaço e debilidade física.


Então, será que vale a pena passar por tudo isso pra perder peso mais rápido, ou entrar em um reeducação alimentar e fazer exercício físicos ? Sabemos que não é fácil, mas fórmulas mágicas, realmente não existem.. por mais que os comerciais tentem vender o contrário.Vamos sorrir com saúde ?!

Beijooss,
me contem ai o que acharam e espalhem essa informação ;)


Tags: Saúde

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Posts Relacionados

Sky Bet Bonuses by http://bettingy.com/ £30 Free Bets